Notícias
ESEnfC mantém-se como 4ª instituição politécnica mais inovadora do país

 

A Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC) ocupa, uma vez mais, o quarto lugar no ranking das instituições de ensino superior politécnico portuguesas mais inovadoras, de acordo com uma nova avaliação do Consumer Guidance Institute Portugal, que teve em conta o número de patentes registadas pelos estabelecimentos, a nível mundial, no período compreendido entre janeiro de 2020 e junho de 2021.



Desta feita, o intervalo de tempo de análise foi mais curto do que na avaliação de 2020, que então teve em conta as patentes registadas entre 2017 e 2019 (três anos).

Dividido em quatro categorias principais – Empresas privadas, Universidades, Politécnicos e Organizações sem fins lucrativos –, este prémio visa reconhecer e louvar todo o setor de I&D (investigação e desenvolvimento) em Portugal.

«Para determinar quais as organizações são as mais inovadoras, recorremos à mesma metodologia usada em 2020 – análise do número de pedidos (e registos) de patentes por empresas nacionais internacionalmente. Concentrámo-nos apenas nas patentes, a forma mais “crua” de inovação. Para se poder registar uma patente, é necessário provar a sua singularidade e originalidade. Quando um pedido de patente é apresentado, é analisado e depois decidido se a inovação é digna de ser registada como patente, concedendo direitos exclusivos ao seu titular», lê-se no website do Consumer Guidance Institute Portugal.

O Consumer Guidance Institute Portugal (numa tradução livre, Instituto de Orientação do Consumidor de Portugal), pertencente ao Consumer Guidance Group, que existe por toda a Europa há já uma década, criou o Prémio Líderes Inovação Portugueses.

Mais informações sobre esta avaliação, que na categoria Politécnicos é liderada pelo Instituto Politécnico de Coimbra, estão disponíveis em https://www.cgip.pt/awards/lideres-inovacao-portugueses-2022/.

 

4º lugar também no relatório estatístico do INPI

Recorde-se que a ESEnfC foi, igualmente, no 1º semestre de 2021, a 4ª instituição de ensino superior de Portugal com maior número de pedidos de invenções (6), enquanto primeira requerente, junto do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI).

De acordo com o relatório do INPI “Estatísticas sobre invenções, design, marcas e OSDC” relativo àquele período, a ESEnfC surge na lista logo após a Universidade do Minho, a Universidade do Porto e o Instituto Politécnico de Leiria.

Segundo o mesmo relatório estatístico, que se encontra publicado online, a ESEnfC ocupa, ainda, o 8º lugar no top global dos requerentes (enquanto 1ª requerente) com maior número de pedidos de invenções nacionais. Ou o 6º lugar, se considerarmos que cada uma das três organizações que a antecedem nesta ordenação – que, além de instituições de ensino superior, inclui inventores independentes, pessoas coletivas e instituições de investigação – apresentou sete pedidos de invenções.

Organismo do Ministério da Justiça (em coordenação com o ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital e com o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior), o INPI tem como objetivo promover a inovação, a competitividade do país e o combate à contrafação e à concorrência desleal, em matéria de propriedade industrial.

No INPI são registados e protegidos direitos de propriedade industrial sobre marcas, patentes e designs.

 

[2022-01-31]


Eventos
Ver Todos

  • MAR
    22
    Online & Presencial
    ICOHN 2023: Worker's Health in the Digital Age
  • MAR
    14
    Presencial
    MULTIPLIER EVENT "Sharing the best practices in MulticulturalCare Nursing Education for a Global World"
  • FEB
    27
    ESEnfC > Polo C
    15th Comprehensive Systematic Review Training Program (CSRTP)
  • FEB
    16
    III Encontro Nacional da Rede de Voluntariado no Ensino Superior: A construir um país mais solidário
  • JAN
    30
    ESEnfC - Polo C
    3rd Evidence Implementation Training Program