Perguntas frequentes

 

1. A Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC) é uma Instituição pública e gratuita?

A Escola Superior de Enfermagem de Coimbra é uma instituição pública. No entanto, como em muitos outros países, mesmo sendo uma instituição pública, os estudos não são gratuitos e os estudantes pagam mensalidades/anuidades para frequentar os cursos. Os estudantes portugueses ou nacionais de países da União Europeia têm seus estudos subsidiados pelo Estado Português. Os estudantes internacionais, ao abrigo do Decreto-Lei n.º 36/2014, de 10 de março, não beneficiam destes subsídios; portanto pagam valores diferentes dos estudantes nacionais.

 

2. A Escola Superior de Enfermagem de Coimbra garante uma formação reconhecida?

Os cursos de licenciatura na Escola Superior de Enfermagem de Coimbra são reconhecidos e valorizados na maior parte dos países do mundo. Na Europa, a formação da ESEnfC é reconhecida como da melhor formação em Enfermagem. Atualmente as Instituições de Saúde do Reino Unido recrutam muitos profissionais formados nesta Instituição, preferindo-os. No médio Oriente e na Ásia, a maioria dos países reconhece como de excelência a nossa formação exigindo apenas domínio da língua oficial do respetivo País. No continente Americano a formação é reconhecida pela maioria dos países.

Nalguns países é necessário um pedido de reconhecimento podendo ser necessário completar exigências específicas. O reconhecimento da formação para exercício no Brasil, atualmente exige a necessidade de um pedido de reconhecimento numa Universidade Brasileira (consulte a página do Ministério da Educação do Brasil sobre revalidação de diplomas) prevendo-se brevemente a definição das condições mútuas para reconhecimento recíproco entre a ESEnfC e várias Universidades Brasileiras. Neste momento temos dupla diplomação com a Universidade Federal de Santa Catarina.

Este nível de estudos fornece aos estudantes conhecimentos de base nas áreas científicas do curso e competências instrumentais e sistémicas importantes para a sua empregabilidade imediata ou para o prosseguimento de estudos de nível superior, especificamente de mestrado (2.º ciclo).

 

3. É possível a realização de parte do Curso de Enfermagem da ESEnfC noutra Universidade?

A Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, enquanto maior escola de Enfermagem de Portugal tem parcerias com cerca de 80 Universidades de 21 países da Europa, 30 Universidades do Brasil, e com outras Universidades da América Latina e Estados Unidos, com algumas Universidades dos países Africanos de expressão Portuguesa e com o Instituto Politécnico de Macau (consulte aqui os convénios existentes).

É possível a organização de períodos de estudos em mobilidade internacional de semestres ou anos escolares com todas estas Instituições, embora os custos inerentes a estas deslocações e estadias sejam da responsabilidade dos estudantes no caso de estudantes internacionais.

No caso de estudantes brasileiros que frequentem a ESEnfC e que pretenda cursar alguns dos semestres em Universidade Brasileira isso poderá ser possível com as Universidades com convénio.

 

4. Por que a Escola Superior de Enfermagem de Coimbra adotou o ENEM?

A Escola Superior de Enfermagem de Coimbra adotou o ENEM como forma de selecionar os estudantes brasileiros que se candidatam aos cursos de graduação, evitando assim que estes estudantes, vindos do Brasil, tenham que realizar novas provas para ter acesso ao ensino superior português.

Assim, a ESEnfC analisa e seleciona os candidatos brasileiros a partir das notas obtidas no ENEM, de acordo com as notas exigidas (classificação superior a 500 na ponderação -Redação: 30 % + Matemática e suas Tecnologias: 35 % + Ciências da Natureza e suas Tecnologias: 35 %).

 

5. Quem é que se pode candidatar usando o ENEM?

Todos os Brasileiros que tenham concluído o Ensino Médio e não tenham nacionalidade portuguesa ou nacionalidade de um Estado Membro da União Europeia. Serão aceites as notas do ENEM dos últimos quatro anos.

Mais informações sobre os pré-requisitos (consulte aqui).

 

6. Pode-se usar outras modalidades para o acesso?

Todos os Brasileiros que estejam a cursar uma graduação em enfermagem no Brasil ou que já a tenham concluído também se podem candidatar a estudante internacional. Podem ainda candidatar-se aqueles que sejam oriundos de outros países que no seu país tenham concluído todas as exigências para acesso ao ensino superior, ou ainda aqueles que fizeram as provas de acesso em Portugal e que não tenham nacionalidade portuguesa nem dos países da união europeia.

 

 

7. A adoção do ENEM não está associada a bolsas de estudos?

A adoção do ENEM pela Escola Superior de Enfermagem de Coimbra tem como objetivo evitar que estudantes brasileiros tenham que se submeter a outras provas para acesso ao ensino superior português.

O uso das notas do ENEM não está associado a bolsas de estudos ou qualquer auxílio nos estudos. Os estudantes selecionados terão que pagar as mensalidades/anuidades para realizar os cursos na ESEnfC, assim como as demais taxas associadas ao período de estudo e despesas de morar Coimbra.

 

8. Não tenho passaporte, que documento devo usar para fazer minha candidatura?

Para registo na candidatura e a sua conclusão com sucesso, os candidatos brasileiros poderão usar a sua Carteira de Identidade (RG).

 

9. Vou usar as notas do ENEM para me candidatar à ESEnfC, que documentos devo anexar à minha candidatura?

Os documentos necessários para a candidatura dos brasileiros são:

• Auto declaração de que o candidato não tem nacionalidade portuguesa, nem está abrangido por nenhuma das condições que impedem a candidatura a este concurso e de que está na posse dos pré-requisitos.

• Auto declaração das classificações obtidas no ENEM ou print-screen (tela) das classificações obtidas no ENEM.

• Documento comprovativo da conclusão do ensino médio.

• Fotocópia simples do documento de identificação, que pode ser passaporte ou carteira de identidade.

 

10. Onde posso encontrar as declarações para anexar ao meu processo?

Pode encontrar os modelos das declarações online (consulte aqui). Faça o seu download, preencha com as suas informações e depois anexe-as ao processo de candidatura dentro da própria plataforma.

 

11. O que são a 1ª, 2ª  e 3ª fases de candidaturas?

Existem três prazos de candidaturas à Escola Superior de Enfermagem de Coimbra: o primeiro período de candidaturas é chamado de 1ªfase e as vagas não preenchidas nesta 1ª fase são disponibilizadas no segundo período de candidaturas que é chamado de 2ª fase. Se ainda assim persistirem vagas transitarão para a 3ª fase.

Cada candidatura é um processo independente e está sujeita à taxa de € 70,00 (setenta euros).

 

12. Para concretizar a minha inscrição tenho que ir a Coimbra?

Todo o processo de candidatura e de inscrição (se for selecionado no processo seletivo) é virtual. Todas as informações e documentos devem ser registrados on-line.

Os candidatos selecionados só precisarão de estar em Coimbra no início do ano letivo quando iniciam as aulas e é necessário a apresentação dos documentos.

 

13. Quando começa o ano letivo na ESEnfC?

O ano letivo na Escola Superior de Enfermagem de Coimbra inicia em setembro e termina em julho.

O 1º semestre inicia em meados de Setembro e termina em meados de Fevereiro e o 2º semestre inicia em meados de Fevereiro e termina no final de Julho (consulte aqui o calendário escolar).

Neste período existem três (3) períodos de férias: Natal, Páscoa e Verão (mês de agosto completo).

 

14. Quanto custa uma residência de estudantes em Coimbra?

Para os estudantes admitidos à graduação em Enfermagem na Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, enquanto estudantes internacionais, a residência é gratuita na Residência da Escola em apartamentos duplos ou triplos sem banheiro privativo, não sendo necessário qualquer candidatura à residência (conheça a residência).

 

15. O pagamento de 30% da anuidade é feito todos os anos de estudo?

No primeiro ano do curso, a matrícula e inscrição só é confirmada após pagamento único correspondente a 30% da totalidade da propina base (3 mensalidades), acrescida da taxa de inscrição. As restantes 7 mensalidades podem ser pagas de uma só vez ou até ao último dia do mês a que digam respeito, ficando sujeitas ao cálculo de juros nas situações de incumprimento, sendo a 4ª mensalidade paga em setembro, a 5ª em outubro e assim sucessivamente até à 10ª mensalidade, paga em março.

Nos anos seguintes da graduação, o pagamento pode ser feito de uma só vez no valor de 5.500,00 euros ou então em 10 mensalidades de 550,00 euros.

Esta anualidade inclui alojamento na Residência de Estudantes da ESEnfC em quarto duplo ou triplo sem banheiro privativo (verifique aqui as condições).

 

16. Como podem ser feitos os pagamentos das mensalidades na ESEnfC?

O valor das mensalidades a serem pagos na ESEnfC é de 550,00 euros por mês ou uma anuidade de 5.500,00 euros. Este valor pode ser pago através do Paypal e as orientações podem ser encontradas em https://www.paypal.com

 

17. Como faço para revalidar o diploma da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra no Brasil?

Para saber mais informações sobre revalidação de diplomas e os procedimentos necessários, consulte a página do Ministério da Educação Brasileiro (MEC).

 

18. Outras dúvidas e pedidos de esclarecimento

Pode contactar através do correio: estudanteinternacional@esenfc.pt