Notícias
Programas de educação parental diminuem stresse e aumentam confiança nas mães pela primeira vez, demonstra estudo de doutoramento da docente Júlia Carvalho

 

Uma investigação de doutoramento, da professora da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC), Júlia Maria das Neves Carvalho, vem mostrar que intervenções de educação parental, que visam responder às dificuldades e exigências sentidas por mães pela primeira vez, contribuem para a diminuição do stresse e o aumento da confiança nesta fase de adaptação à maternidade.

 

 

De acordo com os resultados da investigação de doutoramento “Adaptação à Maternidade: Influência de uma Intervenção de Educação Parental em Mães Primíparas”, cuja tese Júlia Carvalho defendeu, no dia 18 de dezembro, no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar da Universidade do Porto, e que pretendeu conceber, implementar e avaliar os impactos do programa “MaisPaisMaisBebés”, fica também a saber-se que «as mães cujos maridos/companheiros participaram no programa», que teve a duração de doze semanas (num período compreendido entre a saída da maternidade e os seis primeiros meses de vida do bebé), «retiraram mais benefícios da intervenção do que as que participaram sozinhas».

Num dos quatro estudos desta investigação, a qual, nas diferentes etapas, envolveu a participação de 72 mães e 21 pais (amostra total de 93 indivíduos) e um trabalho de campo de quase um ano (entre setembro de 2015 e julho de 2016), despontaram três categorias de dificuldades enfrentadas pelas mães, relacionadas com a recuperação pós-parto (complicações do pós-parto e da amamentação, recuperação física e autocuidado), com o cuidar do bebé (higiene e conforto, cólicas, segurança, alimentação e rotinas do bebé) e com a relação conjugal.

«Quanto à relação entre o casal, surgiram dificuldades na partilha das tarefas diárias, por haver pouca colaboração dos companheiros, e em relação ao reinício da atividade sexual, marcada por sentimentos de medo e insegurança», lê-se no resumo da tese de doutoramento da docente Júlia Carvalho.

Segundo a professora Júlia Carvalho, o programa de educação parental “MaisPaisMaisBebés”, pioneiro a nível nacional e concebido por enfermeiros para mães e pais de bebés sem problemas de saúde ou de desenvolvimento, é «uma intervenção simples e sem grande investimento económico, que pode ser replicada e adaptada a diferentes contextos», como maternidades, hospitais, centros de saúde, creches e locais da comunidade (exemplo de bibliotecas ou de juntas de freguesia).

É, ainda, um programa assente no modelo colaborativo de intervenção, seguindo as diretrizes de alguns programas baseados na evidência.

Organizado em doze sessões semanais (de aproximadamente 120 minutos cada), o programa “MaisPaisMaisBebés” tratou, entre outras, temáticas como o exercício físico no pós-parto, a massagem e o sono do bebé, o papel dos avós, a prevenção de acidentes e a introdução da alimentação diversificada no bebé.

 

[2020-12-31]


Eventos
Ver Todos

  • MAR
    22
    Online & Presencial
    ICOHN 2023: Worker's Health in the Digital Age
  • MAR
    14
    Presencial
    MULTIPLIER EVENT "Sharing the best practices in MulticulturalCare Nursing Education for a Global World"
  • FEB
    27
    ESEnfC > Polo C
    15th Comprehensive Systematic Review Training Program (CSRTP)
  • FEB
    16
    III Encontro Nacional da Rede de Voluntariado no Ensino Superior: A construir um país mais solidário
  • JAN
    30
    ESEnfC - Polo C
    3rd Evidence Implementation Training Program